:: Primeiros dias de Insanity ::


Olá gente linda e light, tudo bem?

Conforme falei no post anterior, segunda-feira eu comecei o Insanity. Antes de falar o que tô achando eu queria responder a pergunta da Linda: sim, pode ser feito em casa, na sua sala, no quarto (meu caso), na garagem ou em qualquer outro cômodo com um pouco de espaço; você não precisa nem de um espaço muito grande nem de acessórios, pois tudo é feito com o peso do próprio corpo. A única coisa que você tem que deixar à mão é uma garrafinha com água, pois o treino é cansativo e a sede é grande! As primeiras aulas tem entre 40~45 minutos efetivamente (os vídeos tem propaganda no começo e no fim) e pelo que andei lendo esse tempo aumenta depois, mas se não me engano não passam de uma hora, então também não precisa ter tanto tempo assim disponível. 

Bom, a primeira aula é o Fit Test, uma avaliação que é feita várias vezes durante os 60 dias do programa (existe um calendário com os treinos definidos). O treinador explica o exercício, dá um tempo e você deve contar e anotar quantas vezes conseguiu repetir o exercício naquele tempo; dai que só no meio do vídeo foi que eu percebi isso e não tinha contado nada, então deixei pra anotar no próximo. Felizmente consegui fazer todos os exercícios propostos, lógico que não na mesma intensidade nem com tantas repetições quanto eles lá, mas consegui. Vi várias meninas dizendo no grupo do Facebook que não conseguiram fazer nem 10 minutos dessa aula e desistiram por ser muito cansativo, mas acho que isso acontece porque as pessoas tentam acompanhar o ritmo deles e realmente não dá, é muito intenso pra quem tá começando e ai vem a vontade de resistir. Como o Shaun fala no vídeo, a gente deve respeitar nosso corpo, nosso ritmo e nossos limites, esse é o segredo. O corpo fica dolorido depois, óbvio, mas é aquela dor típica de quem tá começando uma atividade física, absolutamente normal e suportável.


As outras duas aulas foram cardio e, minha gente, essas cansam pra valer! A gente transpira muito, inclusive na parte do alongamento, pois ele exige força e equilíbrio... Até agora a aula que mais gostei foi a de ontem (essa ai da imagem) e senti também que fui um pouco melhor nela que nas outras; aos poucos o fôlego e o condicionamento aumentam e a gente vai se superando. Aliás, eu diria que o Insanity é mais um programa de superação de limites do que qualquer outra coisa, pois a vontade que ele desperta na gente de fazer melhor a cada dia é enorme. O único exercício que tenho sentido dificuldade em executar é a flexão, mas sei que é normal porque eu sempre tive essa dificuldade, sempre tive pouca força nos braços mesmo quando malhava na academia. Tai mais uma limitação que espero superar em breve!

Quanto ao BBL, achei melhor começar segunda que vem pra dar tempo do corpo se adaptar ao Insanity, pois como já disse ele é bem intenso e parece que o BBL também é, ai como eu tava parada a mais de um mês fiquei com medo de sobrecarregar e ter algum problema. 

Enfim, o programa é intenso, é cansativo mas é muito legal, a sensação de dever cumprido que se sente no final é uma coisa que não tem preço. Parece até que os aplausos que eles dão quando a aula termina são pra nós! rsrs Ele só não é indicado pra quem tem problema no joelho, por causa do impacto. Quem quiser pode assistir diretamente no Youtube ou baixar da internet, tanto os vídeos quanto o calendário (nos EUA o programa é vendido em DVD, por isso não acho legal disponibilizar os links aqui).

Por hoje é isso, pessoal (ufa!).
Um beijo!


2 comentários:

Fernanda Belizário disse...

Lú,fui tentar abrir o Fiti Test hj no you tube e deu que foi retirado. Como assim? poxa....
Mas sou persistente,vou formatar o pc e aumentar a memória.
Se hidrate bastante,pois a pessoa fica suando muito né? bjus

Carla Renata (A Teimosa) disse...

já ouvi falar muito no insanity.. e to meio enjoada de academia.. talvez até abandone a academia e passe pra outro plano de exercicio mes ke vem.. tudo incerto ainda.. bjokas lindeza, parabéns pelo empenho

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...